31 outubro 2010

Domingo.

Dia de eleição.

Estava no Centro da Cidade, o sol quente, meu cachorro babando no banco do carro, mendigos nas ruas.

Os prédios pareciam que iriam me engolir a qualquer momento, me senti pequena olhando para aquele mundo empresarial globalizado, os contrastes sociais: um prédio com o nome de uma transnacional e na porta meninos cheirando cola.

A cidade é assim. Durante a semana pessoas passam por lá, ocupadas, perdidas no seu mundo particular e nem reparam o quão pequenas são comparadas ao mundo de concreto.

Domingo. Dia de eleição

10 comentários:

Ana Carolina disse...

Basta pensar um pouco,e ver que respirarmos fumaça,vivemos em desigualdade,e somos mandados pelo sistema.E o pior não sabemos por onde começar a mudar.

Henrique disse...

Dilma ganhou ;x

Fernando disse...

Melhor a Dilma que aquele ranço de direita, Henrique.

Stefαny *# disse...

O mundo está tomado pela tecnologia, concreto e etc, Hoje quase ninguém para para ler um bom livro. A família nem se reúne mais, cada um no seu mundo.

Érica disse...

Its evolution, baby ♪

Daniel C. disse...

O contraste das cidades as vezes é gigantesco =/

Zσκy アルトゥル. disse...

Nunca foi foi um bom dia. Desta vez que não ia ser diferente mesmo.

Luíza disse...

Os constrastes estão ali. E o que as pessoas fazem? Ignoram. Acham que essa é a melhor solução e seguem em frente fingindo não enxergar...

erick.barroso disse...

Its Evolution baby...!!! [2]

Louis Beau Pre disse...

É O FIM DOS TEMPOS MANOLO! JESUS VAI VOLTAR AAAAAAAAH!kkkk zoa
é o regresso de nossa nação que é totalmente voltada pro material!