14 novembro 2010

Freud no vestibular.

O ato de ficar esperando dentro de uma sala, por 1 hora, com vários concorrentes seus, aguardando um pedaço de papel que irá decidir o rumo da sua vida, não é uma das melhores experiências.

Acredito que as universidades fazem isso de propósito. Deve ser algum método psicológico freudiano do século XXI. Desestabilizar emocionalmente o candidato, assim, o número de aprovados diminui e o de contribuintes (pessoas que pagam, mas não passam nem na primeira fase) aumenta.

A parte engraçada nesta história são as pessoas. Sempre tem aquele cara que não se contenta em levar para a prova uma garrafa d’água e uma barra de cereal ou biscoito.

NÃO!

Esse ser passa no mercado, enche a sacola de biscoito, bala e suco e leva comida suficiente para passar uma semana na Ilha de Lost. Também tem aquele nerd que quer a engenharia mais concorrida e fica revisando as fórmulas de física, química e matemática.

É engraçado observar as pessoas fazendo prova. Eu aprendi com o vestibular que: o ser humano pira quando colocado sobre pressão. Caso eu fosse fazer psicologia esse texto poderia servir de tese para o meu doutorado. Estou escrevendo esse texto na sala, enquanto aguardo a liberação do fiscal para sair com o caderno de questões. O engraçado é que tem gente me olhando e procurando desesperadamente o tema da redação, sendo que na 1ª fase não tem redação-olha ai o método freudiano do século XXI funcionando.

Enquanto isso, eu vou apreciando o meu café gelado e rindo da cara deles. HAHA

Ana C.

Bom domingo.

12 comentários:

Daniel C. disse...

Essas provas são uteis como tortura D=

Hime disse...

e podia levar caderno pra sala?

Araujo disse...

Sei muito bem como são essas provas já que estou exatamente vivendo isso! Quando fiz a prova da PUC senti exatamente isso...Você começa a se medir pelo seu concorrente, me lembro de que na segunda fase, com as exatas, quando todas as pessoas da minha sala se levantaram, imaginei que estivesse acabando o tempo, mas depois, vi que ainda faltava bastante tempo pra acabar.

O pior de tudo é papear com um dos seus concorrentes e descobrir que o cara é gente boa, e que gostaria de estudar com ele, fica torcendo por vcs dois, mas no fundo sabe, que aquele poderia tirar o seu lugar.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Érica disse...

"O engraçado é que tem gente me olhando e procurando desesperadamente o tema da redação" Ana colaborando com os torturadores, hahah Agente dupla! xP

Hєℓøíรα* disse...

Nuss.. verdade.. É uma pressão psicológica tão grande.. quanto mais vooce se afoba, mais fode td... O q dá mais riva é aquela pessoa q leva MUITA comida na hora de fazer prova.. cara, vs vai fazer uma proba, nun vai ir para uma viagem de õnibus p/ a Bahia! SE TOCA!!
Nun sei o q é pior.. se é o ser vivo que leva sacos e mais sacos de alimento para fazer uma prova, ou se é aquele que fica levando papeis e mais papeis para estudar.. Mas o pior mesmo é conviver com essas pessoas até a hora de fazer a provaa.. E o q dá mais raiva é que as pessoaas q receberam a prova amarelas tomaram no cú... elas sairam de casa, (mtas delas moram longe p/ caramba), no frio, na chuva, só pra de tomar no cú...
É... nem uma prova esse governo sabe fazer direito...

Tinkerbell 16 disse...

adoreiiiiiiiiiiiiiiii...
mto bom, concordo plenamente

Louis Beau Pre disse...

Acho o enem uma crueldade, uma prova de resistência que nem o pessoal do hipertensão gostaria de passar! Acho totalmente desnecessário 180 questões!

Luíza disse...

HUAHUAHUAHUAHUA' adorei o pessoal pensando que tinha que fazer redação. Me sinto mal quando saio da sala e ainda tem gente fazendo ou já quando pego o ônibus pra ir fazer a prova percebo que aquela galera toda vai fazer prova também ._.

Ana Carolina disse...

O barulho parece se tornar maior do que realmente é,vc toma ódio por garrafas da agua e bolachas .-..Boa sorte amanhã manola

Stefαny *# disse...

odeio vestibular.
Só amarei se eu passar.

Leandro Kerr disse...

Eu, que demorei a decidir o curso que, realmente, queria fazer,fiz inúmeros vestibulares. Nunca entrei na pressão de passar, talvez por isso tenha sido aprovado nos que tentei. A minha calma me proporcionou a chance de analisar os demais candidatos, a cara de desespero de alguns é algo.. Imagino a cara deles quando entrarem na faculdade.. isso sim é pressão! Trabalho e trabalho, prova e prova.. hehehe..

Ah, e levar várias balinhas, aproveitar o momento de abri-las e ver as reações dos outros é algo sensacional! hehehehe

abraços!

Stefαny *# disse...

Aêê, eu passei em 5º lugar pra Direito.