21 janeiro 2012

Quanto tempo dura o amor?

Depois de assistir ''Blue Valentine'' eu me fiz essa pergunta. Nada melhor do que começar filosofar às 06h 13. Eu não tenho a resposta para essa pergunta mas posso dizer algumas coisas que essa vida bandida já me ensinou. Acredito que o ser humano seja capaz de ter vários amores ao longo da sua existência. É claro, sempre irá existir aquela pessoa que mesmo depois de ter saído da sua vida você irá considera-lá importante ou em alguns casos até mesmo ainda amá-la.
Os relacionamentos funcionam igual o ciclo da vida: possuem começo, meio e fim. Sim, o seu namorado(a) atual pode não ser a pessoa que vai ficar com você o resto da vida. Sigo a filosofia de que existe o amor certo, a pessoa certa, o relacionamento ideal para determinado momento da sua vida. Existem as exceções- é claro- são aquelas pessoas que passam a vida inteira com um único amor e isso é assunto para outro post.
Os relacionamentos são assim: no começo tudo são flores... A ida ao cinema, ao restaurante, risadas, faces coradas de vergonha, conhecer a família dele(a), a perfeita sintonia que você consegue sentir estando perto da pessoa, aquela sensação de que dessa vez vai dar certo e vocês irão ficar unidos até a morte( ou depois da morte dependendo da sua religião)... Ai as brigas começam a aparecer, atritos as vezes necessários para a manutenção da relação. Depois de um tempo parece que a pessoa não combina mais com você, fica aquela solidão a dois e o sentimento não é o mesmo. Ela te liga e você já não atende com a mesma excitação de antes, o sexo não é a mesma coisa e até mesmo o beijo muda.... O que fazer nesses momentos? Eu não sei, cada um possui uma reação mas pode ser que o amor tenha acabado e a pessoa não se encaixa mais na sua vida.
No começo é difícil aceitar isso porque você pensou que fosse ficar pra sempre com aquele amor, pensou no casamento, planejou ter filhos, ter uma casa de praia ou numa montanha de um país nórdico qualquer, pensou que aquela pessoa iria somar na sua vida até o fim, mas, essa é a sua vida e não um filme. Abandone o barco, procure o bar mais próximo e fique de porre, chame alguns amigos, fale mal da vadia(vadio), faça um sexo casual com alguém... Irá chegar uma hora que outra pessoa vai ocupar o lugar da anterior e você sentirá amor por ela também, de uma forma diferente é claro.
Você terá vários amores na sua vida mas isso não significa que você não seja capaz de amar. Ter vários amores significa que você é uma metamorfose ambulante como diria Raul Seixas e isso é bom, excelente. O amor tem prazo de validade e quando você aceitar isso a sua vida irá melhorar, mas não use isso como desculpa para não amar. Pelo contrário, se apaixone, ame, ria, sofra, se apegue e desapegue... No final você terá boas histórias para contar.

Ana C.


4 comentários:

Nanda disse...

Exatamente o amor não tem data, nem tamanho, eu acho que um relacionamento é muito mais que apenas amor, só o amor não constrói e nem mantêm nada, tudo depende do que vem junto com ele, amizade, companheirismo, aceitação e muito bom humor pra lidar com as dificuldades do dia-a-dia, brigas, discussões e diferentes vão existir sempre o modo com que você lida com ele ao longo do tempo que muda.
O amor é reciclável você tem que conquistá-lo todos os dias de um novo jeito, e saber que ninguém é perfeito[se você acha seu namorado perfeito repense isso é melhor a surpresa do que a decepção]
Seja um amor pra vida toda ou por um breve período o mais importante e ser feliz sem medo ALGUM!

Reinaldo B disse...

Mas um post interessante, realmente sua observação se encaixa perfeitamente, ainda mais pessoas eu viveram de tudo um pouco, grandes decepções, relações enroladas, surpresas positivas. Uma vez numa peça que falava sobre Tom Jobim e Vinícius de Moraes, num diálogo entre eles, não lembro qual disse que só teve grandes amores e ae o outro questiona e tal. Guardei aquilo e tento levar na vida que temos que viver cada momento (como você mesma cita), pois eles são únicos e não existem histórias perfeitas, muito menos pessoas e por mais forte que seja a dor, os dias vão continuar passando e sua vida não pode parar perante ao sofrimento, não só com amor, mas em todos os outros campos.

Célio Falconiere disse...

Eu concordo com vc acho que existem vários tipos de amor, lógico que há aquele de maior intensidade mas que não impede de vc construir um sentimento com outra pessoa, acho que falta nos relacionamentos mais sentimento de amizade, levam as coisas a sério demais esquecem de que a pessoa que está a seu lado deve ser para todos os momentos e acima de tudo um amigo (a), ótimo post Ana.

Akai disse...

Enquanto o amor for mútuo ele durará.Bem interessante sua pergunta mas temos que aprender que a vida é assim, as vezes dedicamos tempo a uma pessoa e essa nao quer mais nada ou pode dar certo também.