08 janeiro 2013

Carta de uma pseudo heroína.

Queria ser um Power Ranger para poder destruir todo monstro que invadisse a sua cidade ou um Jedi para poder cortar com o meu sabre de luz tudo aquilo que lhe faz mal. Quem sabe talvez um guerreiro da Terra Média para reunir o meu exército e te tirar dessa prisão... Mas eu sou apenas mais um ser humano e não tenho poderes mágicos que possam te salvar de tudo. Queria poder te prometer algo melhor do que '' tudo vai ficar bem, relaxe'' mas infelizmente eu não posso fazer isso e você sabe muito bem que as minhas previsões nem sempre são boas. Queria até poder escrever um texto melhor para você mas você também sabe que os poetas nem sempre estão inspirados a ponto de produzirem versos dignos de Pessoa ou Lispector. Na verdade, o que eu quero no momento é poder apagar da tua memória cada lembrança ruim, preencher com coisas boas e te levar para Saturno. Seria uma boa tirar férias dessa loucura toda, não é mesmo? Sonhar não custa nada e acho que você poderia praticar mais isso. No final, o que eu quero mesmo é que você fique bem porque saber que você está triste me provoca tristeza e um sentimento de impotência porque prometi te proteger mas ainda não cheguei ao nível do Batman para ficar 24 horas no ar. Quando os momentos ficarem insuportáveis você pode correr para cá, Forrest e eu te levo para um passeio em Saturno.

Ana C.

Para ler escutando:

3 comentários:

Luíza disse...

Amei!

Célio Falconiere disse...

É muito amor viu! kkk

Érica A. disse...

E a poesia voltou :D