23 maio 2013

Once upon a time


Caindo pela eternidade
Essa é a minha essência
Cair para depois reconstruir ou apenas construir
Vivendo o mito do herói que encara a verdade
Desconstrói sua realidade
Aceita o seu fardo
Vai a luta 
E quem sabe, no final, vença
Caindo, sem saber quando irá beijar o chão
Sem sentir a pressão em cima da face
Ou seu corpo se chocando com algo duro, inflexível, indestrutível 
Caindo em forma de notas músicas
Caindo com harmonias
Olha lá, acaba de sair um Si Bemol do bolso
Caindo, sem direção
Sem medo
Sem rumo

Ana C.
Para ler escutando:

Um comentário:

Lopes Carine disse...

Sendo Jajas estudando escalas musicais
Da série: o que uma música do kings of leon me faz sentir.