28 março 2014

Lírios do campo



                                                             
Ilustração: Célio Sampaio


Vamos lá, menina
O sol está dando olá
E mais um dia vem vindo

A luz entra pelo quarto
E aquece  o seu corpo
Porém, ela não consegue alcançar as feridas que você esconde do mundo
Lá é um lugar frio mas você está acostumada a ser forte desde que nasceu

Não se apresse, menina 
Ainda temos tempo
Tempo para falarmos bobagens e rir
Tempo para amenizarmos as dores da vida
Tempo para vivermos o momento
Tempo para nos conhecermos 

Você pode não saber, menina
Mas você tem um dom raro
Você é capaz de levar alegria para a vida das pessoas
É como um sol iluminando um dia cinzento 
Você consegue mostrar que ainda existe esperança nessa loucura chamada vida 

Só quero que saiba , menina
Que quando você aparece, a minha vida ganha mais um pouco de sentido 
Você é uma flor rara que eu encontrei num dia chuvoso 
E agora, menina
Quero cuidar deste jardim
Ana C.